sábado, 20 de fevereiro de 2016

Primeiras Impressões #03: Fantasya, Tiago Anderson


Oi, pessoal! Como falei no post de ontem (de algumas horas atrás, na verdade), a Letícia Godoy - em nome da Editora Arwen - cedeu a um grupo de blogueiros os capítulos iniciais de dois livros em pré-venda: "O Enigma de Shalkas" e "Fantasya". Tu podes ler minha opinião sobre o primeiro aqui, mas agora é o momento de falar sobre o livro de Tiago Anderson. 

Comecemos pela sinopse:

Em uma terra distante chamada Athar, dois amigos, Charlie e Léo, garotos comuns que viviam na calmaria de uma cidade interiorana, descobrem um fantástico mundo jamais imaginado. Além de belas paisagens e criaturas místicas, o lugar é repleto de tesouros. Porém, um perigo iminente previsto por uma antiga profecia coloca toda essa magia em risco, pois Stella, um elfo maligno dominado pelas sombras, dá indício de seu retorno após mais de dois séculos desaparecido. Seu objetivo é claro: dominar toda Athar e espalhar as trevas para construir seu reino. Fantasya mostra ao leitor como a união e a amizade podem ser grandes aliadas na guerra da luz contra as sombras, e que ainda há esperança para aqueles que creem na vida infinita.

Os primeiros capítulos deste livro são... leves - idílicos, eu diria. O escritor nos descreve a vida simples do jovem Charlie, um guri humilde e alegre que adora morar no campo e viver em contato com a natureza. Somos apresentados à sua família, simples e normal, assim como sua vida. Em meio a descrições de um cenário belo e agradável, conhecemos também os vizinhos deste menino - Léo e sua avó muito doente, Dona Matilde, que é como uma avó para Charlie também. Não vou dar mais detalhes para não tirar nenhum possível encanto ou surpresa, mas a degustação termina num ponto onde a capa faz total sentido (eu ia ser mais detalhista, mas não quero arriscar spoilar ninguém). 
Ah! Falando em capa: sabe aquela ponta vermelha na parte direita da capa de Fantasya? Nada mais é que a continuação da capa de O Enigma de Shalkas! Não acredita?


Viu? Até ontem, estava me perguntando o motivo desse link e foi aí que encontrei a explicação do Tiago Anderson pra isso: 
"É o seguinte, o Enigma me inspirou para escrever FANTASYA, assim como outras obras. Porém, a obra do André era algo que eu queria explorar não apenas como leitor, mas como escritor. Tanto é que escrevi 10 poemas inspirados em SHALKAS, na história que li. A partir daí, eu pedi autorização ao André para que pudesse, em meu livro, citar algumas coisas de Herégion. Pois bem, Athar e Herégion são dois reinos vizinhos que se cruzam hora ou outra em ambas histórias. Para mais detalhes, apenas lendo mesmo. (risos)As capas se juntam de forma para dar a alusão mesmo dessa união."
Eu achei esse detalhe incrível e que seria legal compartilhar com vocês aqui. Sabe o que mais é incrível? A riqueza das descrições em Fantasya. Assim como em O Enigma de Shalkas, o autor se preocupa em criar um cenário bastante detalhado e crível, para onde tu consegues te transportar sem esforço. Eu, como fã incondicional de Tolkien, sou uma amante dos detalhes - o que não agrada a todos, infelizmente. 
As relações entre os personagens também é muito bonita - todos são (ou parecem, pelo menos) simples e puros, o que é um contraste interessante com a nossa realidade. Apesar dos poucos diálogos, podemos ver o elo de amor e amizade que liga os personagens já apresentados, e não é difícil se afeiçoar a eles. 
Inevitavelmente, estou agora me corroendo de vontade de ter o livro em mãos para descobrir mais sobre Athar e acompanhar as aventuras dos dois meninos por esse mundo desconhecido e mágico!




O livro ainda está em pré-venda no site da Editora Arwen e, na promoção, está por R$20,90 até o comecinho de janeiro de 2016 - seu preço normal é R$31,90
No entanto, eu aconselho a compra do kit O Enigma de Shalkas + Fantasya que está por R$42,90 na promoção!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário