sábado, 5 de dezembro de 2015

Primeiras Impressões #01: A Fada Madrinha, Kate Willians


Oi, pessoal! Recebi recentemente os capítulos iniciais de A Fada Madrinha, o novo livro da Kate Willians, escritora de Distopia (Editora Arwen), para dar minha opinião sincera.
Será uma opinião breve, obviamente, uma vez que li apenas o prólogo e o primeiro capítulo. Nessas 11 páginas, conhecemos a fada madrinha Emily, que não é nada doce e fofa - possivelmente nem delicada -, mas que tem um grande sonho: juntar uma princesa e um príncipe de verdade. Apesar de ser uma ambição quase inalcançável nos dias de hoje, um desejo especial chega à Árvore dos Desejos, localizada num local também muito especial (e que foi um toque de gênio!), prometendo mudar os rumos de sua vida.
Além de Emily, conhecemos o gnomo (feioso) Hector, o elfo William e as duas irmãs da fada, Nanda (a mais nova) e Anna (a mais velha, que não chega a entrar em cena, mas é citada várias vezes). 

Fadas não são meus personagens favoritos, ainda mais pequeninhas (Sininho me irritava um pouco), MAS as primeiras páginas do livro da Kate me deixaram com vontade de mergulhar fundo no mundo inventado por ela. Adorei os personagens e o cenário, mas o que mais me chamou atenção até agora foram os detalhes sobre as fadas: apesar de todas possuírem alguns traços em comum, um deles é sempre diferente, único para cada fada, "que define a magia de cada uma" - essa frase, por mais simples que possa parecer, me despertou uma curiosidade gigante pra descobrir mais sobre a magia e os povos que habitam esse mundo. 
Ah, claro, quero saber se Emily vai ou não conseguir realizar seu sonho! Ler um "conto de fadas" pela ótica da própria fada será uma experiência diferente e, aposto, prazerosa! Esse é mais um livro que comprarei na pré-venda da Arwen!!

Sinopse (essa que está na contracapa na imagem acima): 
Você já se perguntou, em algum momento da vida, sobre quem realmente está por trás de todos os finais felizes dos contos de fada? E o que acontece com estas pessoas quando a princesa finalmente se casa com seu príncipe encantado? Isso livro nenhum conta! Aliás, duvido que você consiga imaginar uma fada madrinha, que não seja velha demais, roliça demais ou simpática demais. Não que eu seja uma ‘Sininho’ da vida, mas sou muito diferente, do que dizem por aí. Nós, fadas madrinha, não fazemos outra coisa da vida que não ajudar as nossas princesas a encontrarem o seu final feliz. Este é o nosso único propósito. O problema é que quando ninguém está olhando, nós nos perguntamos quando chegará a nossa vez. Será que teremos que ajudar umas às outras, no final das contas? Será que o ‘felizes para sempre’ também existe para nós? Bom, meu nome é Emily. Só Emily. E esta é a minha história. Chame de conto de fada, se quiser, mas não saia por aí me descrevendo como a criatura mais adorável do universo, porque estou bem longe de ser assim. Qual é?! Só porque eu sou uma fada madrinha, quer dizer que tenho que viver de bom humor? Quem foi que te disse essa mentira?

Então, pessoal, vou ficando por aqui. Espero que tenham gostado da minha primeira impressão do livro A Fada Madrinha da linda e querida Kate Willians. Para acompanhar as novidades sobre o livro, siga a fanpage da autora, onde tu podes encontrar um book trailer super fofo, explicando um pouco mais da história!

Nenhum comentário:

Postar um comentário